Software GeoDa alcança 32 mil usuários no Brasil

GeoDa alcança 32 mil usuários no Brasil

Software GeoDa alcança 32 mil usuários no Brasil, ficando atrás em número de usuários apenas para a China com 124 mil usuários e os EUA com 102 mil.

O que é GeoDa?

Primeiramente, GeoDa é um software livre e de código aberto que serve como subsídio a introdução à ciência de dados espaciais. Este software foi projetado para facilitar a geração de novos conhecimentos no processo de análise de dados, explorando e modelando padrões espaciais.  

Além disso, com este software é possível gerar cartogramas, boxplot, variogramas, mapas de desvio padrão, além de permitir a análise da autocorrelação, correlação espacial e análises de regressão de dados geográficos.

Quem desenvolveu este software?

O software GeoDa, desenvolvido pelo Dr. Luc Anselin e sua equipe da Universidade de Chicago, fornece uma interface gráfica de fácil manuseio para quem é da área de geoprocessamento ou para aqueles que buscam iniciar na área de análise de dados espaciais.

E para quem busca elaborar uma análise exploratória de dados espaciais, afim de buscar saber se duas ou mais variáveis possuem relação/associação espacial. Além disso, é possível saber se estas variáveis possuem um padrão aleatório ou não no espaço geográfico.

Número de usuários

Desde o seu lançamento no início de 2003, o número de usuários do software GeoDa cresce ano a ano.

A ferramenta consegue ultrapassar a marca de meio milhão de usuários em junho de 2022.

No Brasil o software GeoDa alcança 32 mil usuários em meados de 2022, se tornando o terceiro país do planeta com o maior número de usuários.

Nesse sentido, trata-se de um software simples de usar, porém, com potencial enorme de gerar informações de grande valor para cientistas e estudantes.

Entre os usuários do software destacam laboratórios em universidades como Harvard, MIT e Cornell.

Enfim, ficou curioso e gostaria de fazer o download do software para começar a elaborar análise espacial? Acesse a página do GeoDa aqui.

Deixe uma resposta