No Image Available

PROJETO GRANDE CARAJÁS: Trinta anos de desenvolvimento frustrado

 Autor: MARCIO ZONTA, CHARLES TROCATE (Orgs.)  Categoria: Geociências, Geopolítica, Mineração  Editora: Editorial iGuana  Publicado: 2015  Página: 161  País: Brasil  Linguagem: Português  Baixar
 Descrição:

A história da mineração no Brasil é marcada pela exploração exorbitante dos recursos naturais e pela submissão da classe trabalhadora à péssimas condições de trabalho. Um dos primeiros recursos minerais explorados no país, o ouro, propiciou um ciclo de retirada mineral que resultou na acumulação primitiva do capital, no mercantilismo e na sustentação da empresa colonial.

Tanto assalariados na Inglaterra como escravos no Brasil trabalhavam em um sistema capitalista que propiciava a acumulação do capital baseado na exploração mineral. A escravidão foi abolida, porém a indústria da mineração desenvolvida no Brasil continuou a perpetuar um capitalismo dependente, subdesenvolvido e baseado em uma economia primária. Para o autor do livro, foi nas franjas de toda essa riqueza mineral produzida no país e das engrenagens da grande fazenda em formação e do modelo agrário exportador que a economia foi se moldando nos últimos cinco séculos.

Atualmente o mundo tem visto um avanço nas capacidades produtivas jamais imaginável. No Brasil, cerca de dois mil e vinte municípios possuem alguma atividade mineradora, onde recebem a Contribuição Financeira para Exploração Mineral (CFEM), imposto pago pelas mineradoras. Muitos destes municípios também possuem garimpos ilegais que contribuem para a exploração desordenada das riquezas minerais do país sem o devido recolhimento dos impostos e preservação da natureza.

Se por outro lado a mineração gera impostos e riquezas para os acionistas das grandes empresas, é possível associar a mineração ao desemprego. Aliás, a mineração no Brasil é campeã em mutilação, enlouquecimento, terceirização e mortes de trabalhadores, sem contar as tragédias ambientais decorrente da ideologia desenvolvimentistas associação a um possível progresso que esta atividade trás ao país.

O livro Projeto Grande Carajás: Trinta anos de desenvolvimento frustrado foi escrito por Tádzio Peters Coelho e publicado pelo Editorial iGuana em 2015. Faz parte da Coleção: A Questão Mineral no Brasil.

Um dos objetivos da coleção A Questão Mineral no Brasil é debater a questão nos diversos espaços e níveis políticos, sociais e econômicos, ao qual a mineração influencia. Trata-se de um compêndio de livros que busca delinear a teoria da exploração mineral no país e onde o livro Projeto Grande Carajás faz parte deste esforço de tornar a questão da mineração um assunto público à sociedade em geral.

 

 Back