No Image Available
A produção capitalista do espaço
 Autor: David Harvey  Categoria: Geografia Urbana, Planejamento Urbano  Página: 159  País: Brasil  Linguagem: Português Baixar
Descrição:

O entendimento do espaço do ponto de vista capitalista, destacando o espaço urbano, é muito mais complexo e abrangente do que a simples delimitação de certos limites. Trata-se de algo que é produzido e reproduzido de acordo com certas condições sociais e econômicas vigentes, gerando espaços públicos e privados tais como condomínios, ruas, etc., voltados para atender aos objetivos de classes econômicas dominantes.

O espaço, ao longo do modo de produção capitalista, passa a fazer parte de circuitos de valorização do capital. Isso significa que o espaço urbano passa a ser mercantilizado por meio de diferentes métodos tais como: construção de condomínios verticais e horizontais, parcelamento e loteamento do solo.

O espaço urbano passa a ser um elemento estratégico para os processos de acumulação capitalista e para o processo de globalização. A produção capitalista também se torna dependente das dinâmicas de produção e de consumo do espaço, principalmente com o aumento a taxa de urbanização nas últimas décadas. Analisar as relações existentes entre o espaço urbano e seus condicionantes é uma tarefa complexa, porém necessária e válida para uma maior compreensão e investigação sobre o tema.

Compreender a dinâmica socioespacial é uma tarefa um tanto complexa e problemática pois implica em compreender todos atores que fazem parte da produção do espaço urbano de forma crítica. Ao analisar o espaço urbano é preciso considera-lo como um produto dos processos de produção e reprodução das relações sociais e econômicas. Trata-se de um espaço que é condição tanto do processo de produção capitalista quanto da reprodução da vida humana.

A partir do estudo dos oito capítulos deste livro você será capaz de compreender o quão importante
é o estudo do urbano, do local e do individual. Será capaz de entender como ocorrem as relações
capitalistas de produção e as relações de trabalho e de capital.