O professor Dr. Tadeu Alencar Arrais e a doutoranda em geografia Juheina Lacerda Viana, ambos pertencentes ao curso de Geografia da Universidade Federal de Goias, publicaram um livro intitulado: Pequeno Atlas da Tragédia Previdenciária Brasileira. Esta publicação integra o conjunto de resultados do projeto de pesquisa Transferência de Renda Direta e Economia Urbana: análise dos impactos da Aposentadoria Rural e do Programa Bolsa Família nos Municípios Goianos, financiado pelo CNPq.

O Pequeno atlas da tragédia previdenciária brasileira faz uma análise profunda, por meio de gráficos e mapas, sobre os impactos negativos que a nova legislação previdenciária poderá causar nas próximas gerações.

No texto o Prof. Dr Tadeu Arrais demonstra que a nova previdência que se anuncia poderá impactar de forma negativa à renda de trabalhadores pertencentes às classes mais pobres deste país como: pescadores que dependem do seguro-defeso, agricultores, vigias, empregadas domésticas sem registro em carteira de trabalho, pedreiros, serventes, garis, trabalhadores informais, motoristas de ônibus, taxitas, motoristas de aplicativo e professores.

O texto lembra que a reforma que avança esquece, intencionalmente, dos grandes sonegadores do INSS, das desonerações fiscais e das Desvinculações das Receitas da União (DRU), que desidrataram durante anos o nosso sistema de previdência e seguridade social.

O autor afirma que a gramática da Nova Previdência, amparada por milionárias campanhas

publicitárias e depoimentos de personalidades do universo empresarial de aparente sucesso, oculta o fato de que os mais pobres se tornarão mais pobres quando forem mais velhos.

Arrais ainda aponta para o grande interesse do capital privado por meio de grupos financeiros em gerir o dinheiro da previdência e que o nosso sistema previdenciário não trata-se somente da transferência de renda, mais da contribuição para a redução da pobreza e da vulnerabilidade social na terceira idade. A diminuição dos Benefícios de Prestação Continuada (BPC) de 1 (um) salário minimo para R$ 400 (quatrocentos reais) na nova previdência é outra questão tratada com grande profundidade no livro.

É claro que o blog da geografia não revelou todas as informações do texto, por isso, esperamos que você baixe o material original e compreenda de forma simples todos os pontos da qual trata a nova reforma da previdência e quais os impactos que ela poderá gerar em nossa sociedade.

Baixe o livro clicando no link: Pequeno atlas da tragédia previdenciária brasileira

Deixe uma resposta